blog, impressão 3D, como começar Jan 26, 2021

Impressão 3D em casa: dicas rápidas para começar

By Cliever 3D

Você pode estar pensando: é impossível fazer impressão 3D em casa. Pois bem, a verdade é que há anos essa tecnologia se tornou acessível em nível caseiro, inclusive com impressoras 3D e filamentos a custos acessíveis.

 

Não importa se você quer produzir acessórios para o seu lar, fazer testes para futuramente montar um negócio no ramo, ou simplesmente se divertir. A impressão 3D contempla todas essas possibilidades (e muito mais)!

 

À medida que a tecnologia avança, novas soluções são criadas. Dessa forma, produtos lançados anteriormente se tornam mais baratos. A lógica de todo mercado tecnológico funciona assim. Com o ramo da impressão 3D não é diferente.

 

Só que o principal fator que afasta as pessoas de utilizarem impressão 3D em casa não é nem o preço. Infelizmente ainda existe um entendimento de que é muito difícil trabalhar com modelagem 3D.

 

Desfazendo o principal mito sobre impressão 3D em casa

Não é preciso necessariamente entender sobre modelagem 3D. Simples assim!

 

Você pode baixar arquivos de modelos 3D da mesma forma como você pode fazer o download de tantas outras mídias, como arquivos de ilustração, modelos de contratos, séries em serviços de streaming, etc.

 

Existem diversos repositórios com arquivos gratuitos para você imprimir em casa. Três opções bastante populares são o Thingiverse, Pinshape e Turbosquid. Se você não quiser depender apenas de repositórios gratuitos, você também pode comprar arquivos.

 

Mas calma que não é só isso. Você também pode fazer sua própria modelagem 3D sem saber modelar!

 

Você pode usar seu smartphone para escanear objetos da sua própria casa para transformá-los em modelos para impressão 3D. Para isso, baixe um aplicativo (gratuito ou pago) no seu celular e use a câmera do seu próprio aparelho.

 

Alguns apps gratuitos para você conhecer: Qlone (Android e iOS), Trnio (iOS), Scandy Pro (iOS) e Criador de 3D (Android).

 

3 dicas para escanear objetos 3D em casa com qualidade

  • Posicione o objeto que será escaneado em um ambiente com boa luminosidade e que a luz seja distribuída uniformemente.
  • Tente escanear todo o objeto sempre mantendo a mesma distância. Isso ajuda a garantir que não haja falhas na impressão do modelo 3D.
  • Não escaneie objetos em movimento.

 

Como escolher uma impressora 3D para usar em casa

É claro que existe uma grande oscilação de preços de impressoras 3D. Há modelos que podem ser encontrados por US$ 200,00 e outros por US$ 2.000,00.

 

E, claro, os atributos dos equipamentos e a qualidade das impressões também variam. Em geral, impressoras de maior valor possuem tecnologia para imprimir em resoluções melhores.

 

Entretanto, é possível escolher facilmente uma boa impressora 3D para usar em casa. O preço de impressoras de entrada com boa qualidade variam entre R$ 800,00 e R$ 1.800,00. Esses equipamentos são mais indicados para uso doméstico e semiprofissional.

 

O modelo mais indicado para impressão 3D em casa é o Fused Deposition Modeling (FDM, ou Fusão por Deposição de Material em português). Esse tipo de impressora 3D pode utilizar o filamento PLA.

 

O filamento PLA é de fácil utilização e operação mesmo para iniciantes. Entre os benefícios de usar esse tipo é que ele não emite odores ou fumaça ao ser extrusado. Também possui grande precisão dimensional, o que garante mais qualidade na impressão!

 

Conheça como a Cliever produz os filamentos PLA. 

 

Por fim, considere comprar uma impressora 3D que possua um bom suporte. Juntamente com diversos fóruns e blogs na internet, o suporte da sua impressora pode ser muito útil, especialmente durante as primeiras impressões 3D.